sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

ASSOCIAÇÃO CONTESTA AUTORIA DE INDICAÇÃO.

Os gestores da Associação Beneficente dos Servidores Militares de Sergipe (ABSMSE), estão contestando a informação passada por um deputado estadual, de que a indicação feita na assembléia Legislativa, sobre a carga horária para os militares, é de sua autoria.

Na ultima terça-feira, o deputado capitão Samuel Barreto, apresentou quatro indicações solicitando benefícios para a categoria, inclusive uma delas, cobrando do governo que seja definida a carga horária para as corporações (PM/BM).

Ao tomar conhecimento de que o parlamentar está reivindicando a autoria do projeto, o gestor da ABSMSE, sargento Jorge Vieira, demonstrou indignação. Segundo Vieira, o parlamentar passou vários anos na AL e não se preocupou com essa questão, porem agora, após o deputado Samuel reivindicar, o deputado também resolveu assumir o caso.“Eu não entendo porque esse deputado agora quer dizer que a indicação é dele. Ele copiou a indicação do nosso legitimo deputado.  Ele vários anos lá e nunca se preocupou com isso, agora que o nosso representante, deputado capitão Samuel Barreto saiu em nosso defesa, ele vem pousar de bonzinho. Só nesta semana, Samuel apresentou quatro indicações e uma delas foi exatamente sobre a nossa carga horária”, explicou o gestor.

Para os gestores, Jorge Vieira e Edegard Menezes, isso teria que ser feito a muito tempo, porem segundo ele, nenhum político se preocupou com a situação dos militares. “Estamos há muito tempo a espera de uma carga horária, e agora isso aconteceu graças ao nosso deputado. Nós agradecemos a qualquer deputado que vier trabalhar em prol da categoria, portanto, que o mesmo seja sensato e não copie projeto de outro colega”, disse Vieira.

Fonte: Faxaju (Munir Darrage)

Nenhum comentário: