quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

DÉDA PRECISA REFLETIR SOBRE "ROUPA SUJA" DA SSP.

Déda e a necessidade de refletir

O secretário de Estado da Segurança Pública, o delegado João Eloy de Menezes, não ficou nada satisfeito com o fato de o delegado Leógenes Correia ter lavado a "roupa suja" da SSP na audiência da Liberdade FM. Uma fonte da própria SSP garante a informação e ainda sustenta que a zanga perpassou ao radialista George Magalhães, que teria dado muita ênfase às denúncias, no seu programa de hoje.

Apesar do mal estar, até a tarde desta quinta-feira, dia 24, contudo, a SSP não havia sequer se dado ao luxo de tentar desmentir o delegado Leógenes - ao menos em seu site oficial. Falta de telefone, Internet, policiais, janela... São graves as denúncias, e não podem ficar no ar, como a fuga de Floro Calheiros Barbosa, por exemplo. O internauta-contribuinte imagina quanto está saindo do seu bolso para tentar recapturar Floro outra vez?

...Voltando às denúncias de Leógenes, quando o próprio delegado abre o jogo numa emissora de rádio sobre a falta de estrutura que o acossa dificultando garantir segurança à sociedade, note-se, é porque o caos tende a estar instalado. A inteligência manda o governador Marcelo Déda refletir sobre este e outros fatos. A Segurança Pública pode não estar andando como ele acredita. E as consequências disso na pele da sociedade são bem conhecidas.

P.S. Em tempo, e por dever de justiça, registre-se aqui que nunca a policia sergipana foi tão bem remunerada como no governo petista. São também investimentos e mais investimentos, todavia...

Fonte: Universo Político (Joedson Telles)

Nenhum comentário: