sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

DEPUTADO CAPITÃO SAMUEL BARRETO COBRA "POSTURA E ÉTICA" DE COLEGA.

O deputado estadual capitão Samuel Barreto, não gostou nada de um colega apresentar indicação, cobrando do governo a definição da carga horária da policia militar e bombeiro militar.

Na manha desta sexta-feira (25), em tom nada conciliador, Samuel disse que havia apresentado na ultima terça-feira, uma indicação ao governo do estado, solicitando que seja regularizado a questão da carga horária dos PMs e BMs. “Eu estou na Assembléia representando todos os trabalhadores do meu estado e principalmente a família militar da qual faço parte. Eu apresentei essa semana quatro requerimentos que são antigos anseios de nossa classe e entre eles, o que reivindica a regularização da carga horária”, explicou o deputado.

Para Samuel, o deputado que apresentou a indicação, não teve ética e nem postura. “Eu peço que esse colega tenha ao menos ética e postura. Ele não pode sair de defensor da classe, requentando matéria, afinal ele sabia que eu já havia apresentado. Eu quero que os outros 23 deputados, colegas meus saia em defesa de nossa classe, mas não requentando matéria e pousando de bom moço, quando na verdade ele passou vários anos na Assembléia e nunca fez nada por nossa policia”, desabafou Samuel.

Em nenhum momento da entrevista que concedeu e que fez o desabafo, onde cobrou postura e ética do colega, o capitão Samuel Barreto citou o nome do colega parlamentar, porem o deputado estadual que apresentou a indicação nesta quinta feira, foi o deputado Gilmar Carvalho.

Fonte: Faxaju

Nenhum comentário: