segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

DEPUTADO CAPITÃO SAMUEL DESEJA PRESIDIR A COMISSÃO DE SEGURANÇA PÚBLICA DA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA.

Foto:  Maria Odília

Primeiro militar eleito deputado estadual em Sergipe, o Capitão Samuel (PSL) pretende fazer da melhoria da segurança pública no Estado uma das principais bandeiras de seu mandato. O parlamentar também espera ter uma atuação efetiva na Comissão de Segurança Pública da Casa. “Eu pretendo ser o presidente da Comissão”, adiantou.

O deputado Capitão Samuel reconhece que nos primeiros quatro anos do governo Marcelo Déda houve grandes avanços na área de segurança. “Aqui na Assembleia, a expectativa é que eu passe a ser uma voz da população na questão da segurança pública, cobrando mais melhorias ainda e propondo ideias para que o Executivo observe isso e ponha em prática”, destacou.

Uma dessas propostas, disse o parlamentar, é o fortalecimento dos Conselhos de Segurança Comunitária. “Eu entendo a população, porque a participação popular na política da segurança pública, através do Conselho, é importante que eles passem a ser ouvidos pela Secretaria de Segurança Pública”, afirmou, ressaltando que sempre teve uma boa relação com o secretário da Segurança Pública, João Eloy.

Capitão Samuel disse a Comissão de Segurança Pública é um novo espaço de debate sobre os assuntos desta área, tão importante para sociedade sergipana. “Antes nunca teve uma pessoa diretamente vinda da categoria da Segurança Pública e agora a Assembleia tem. Espero ser esta voz e contribuir ao máximo para que a Segurança Pública melhore ainda mais. Não sou Deus para melhorar tudo, mas trabalhar e brigar para que isso aconteça podem ter certeza de que farei aqui na Assembleia”, declarou.

O deputado Capitão Samuel foi o segundo parlamentar estadual mais bem votado nas últimas eleições, com 43.370 votos. Filho do município de Malhador, ele ingressou na Polícia Militar em 1991, quando prestou concurso público para soldado.

Fonte: Alese

Um comentário:

Anônimo disse...

Esse tal Capitão Samuel está se achando. Se intitula representante da Segurança Pública. Pode até representar uma parcela da PMSE mas não a Segurança Pública, nem mesmo os policiais civis. Em breve teremos nosso representante (SSP)no Parlamento através do voto honesto, não precisaremos comprar votos com o dinheiro sujo dos Amorim e de André Moura, tampouco oferecer plotagem a malandros e infratores de trabnsito para ter acesso livre nas barreiras policiais.