sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

SERVIDORES MILITARES REALIZAM ASSEMBLÉIA.

Representante da Associação Beneficente dos Servidores Militares de Sergipe definiram em assembléia, quais serão as reivindicações para 2011

Sargento Edgard diz que a luta será de bastidores(Foto: Portal Infonet)

Na tarde desta quinta-feira, 17, aconteceu a primeira Assembléia Geral dos Servidores Militares, na sede do Instituto Histórico e Geográfico de Sergipe, localizada á rua Itabaianinha, no Centro de Aracaju.

De acordo com o representante da Associação Beneficente dos Servidores Militares de Sergipe (ABSMSE), sargento Edgard Menezes, a categoria se reuniu para discutir as metas de reivindicações para 2011. “Hoje começamos a definir quais as reivindicações de 2011, tanto para a PM como para os Bombeiros e pretendemos trabalhar para alcançar as nossas metas”, explica.

Durante a assembléia, alguns pontos foram levantados, mas através da votação apenas quatro foram escolhidos para serem trabalhadas em 2011. “Continuamos querendo equiparação de salário, estruturação, melhores condições de trabalho, ascensão, ticket alimentação, e com certezas reivindicações novas surgirão, no entanto votamos em quatro itens que serão trabalhados durante todo ano de 2011” ressalta

O Sargento ainda relatou que a categoria teve alguns avanços e também o apoio da população. “Prova disso foi a eleição do capitão Samuel. Temos certeza de que nossa luta será aceita pelo povo, porque só podemos atender bem se também estivermos bem, se tivermos condições de prestar um bom serviço”, ressalta.

Votação aconteceu durante assembléia(Foto: Portal Infonet)

As quatro reivindicações foram definidas depois da votação entre os representantes da categoria. “Esse anos vamos lutar em prol da carga horária de 30 horas semanais, vamos lutar para agilizar as promoções atrasadas; não queremos refeições nos quartéis e sim, que o valor seja adicionado ao nosso salário e por fim, precisamos de nível superior para ingressar na Polícia Militar”, pontua Edgar.

De acordo com o sargento, as quatro reivindicações escolhidas serão trabalhadas nos bastidores durante todo ano e o resultado dessa luta irá nortear as ações de 2012. “Esse ano é um ano de Assembléia Legislativa, o capitão Samuel foi eleito presidente da Comissão de Segurança Pública e isso nos dar força para seguir a luta”, finaliza Edgar, ressaltando que a assembléia foi presidida pelo Capitão Samuel e contou com as presenças do Senador Amorim, do Deputado Federal André Moura e do Deputado Federal Ratinho Junior.

Fonte: Infonet

Nenhum comentário: