segunda-feira, 21 de março de 2011

ABSMSE QUER ELIMINAR A APLICAÇÃO DO RDE PARA POLÍCIA E BOMBEIRO MILITAR.

Entidade solicita apoio da OAB/SE, através de ofício


Na manhã da última quarta-feira (16), o gestor e diretor da ABSMSE, sargento Jorge Vieira e sargento Edgard Menezes, acompanhados do advogado da associação, Dr. Igor Valença, compareceram na sede da OAB/SE, para solicitarem do presidente da Ordem dos Advogados de Sergipe, Dr. Carlos Augusto Monteiro Nascimento, o apoio no sentido da Associação Beneficente dos Servidores Militares de Sergipe – ABSMSE, ingressar com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI), no Supremo Tribunal Federal, visando com isso extinguir a aplicação do Regulamento Disciplinar do Exército na Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar do Brasil.

A Associação Beneficente dos Servidores Militares de Sergipe, entende que as funções de polícia ostensiva e de bombeiros não podem ter a mesma regulação administrativa que as forças armadas, e por este motivo, necessitam de um regulamento administrativo próprio e voltado para as suas necessidades.

O pedido foi feito mediante ofício devidamente protocolado e assinado pelo presidente da OAB/SE, que se colocou à disposição para analisar juridicamente o caso para diante da análise dos documentos possa então, impetrar Ação Direta de Inconstitucionalidade.

Na ocasião, Dr. Carlos Augusto foi convidado para participar do programa de rádio da ABSMSE, o Fala Segurança, veiculado todos os sábados na Rádio Jornal AM 540, de 9h as 12h, para discutir e esclarecer melhor temas e assuntos de interesse público.

O sargento Jorge Vieira aproveitou a oportunidade para solicitar do presidente da OAB/SE, apoio no sentido de ser um parceiro da Polícia Militar de Sergipe que segundo o gestor passa por sérias dificuldades de gerenciamento que afeta diretamente a segurança da sociedade.

Sargento Jorge Vieira, falou também da importância da definição de uma carga horária para a categoria que não suporta mais tanta pressão exercida pela atividade e pela exaustiva escala de trabalho determinada pela Instituição.

Vejam o ofício protocolado e mais fotos do encontro abaixo:




Fonte:  Chris Brota (Assessoria da Caixa Beneficente)

Um comentário:

sd revoltado disse...

esses m..... da OAB la querem resolver problemas da pm, o q eles querem e estar ao lado dos politicos ladroes