terça-feira, 15 de março de 2011

TRATAMENTO DADO PELA SSP AOS POLICIAIS MILITARES.

Em seu pronunciamento realizado no pequeno expediente da sessão De ontem, 14, o deputado estadual Capitão Samuel (PSL) fez referência a duas notas publicadas por este blog no último dia 12, intituladas "Trabalho Integrado das Polícias I e II", em que ele cita o episódio da prisão do acusado pelo assassinato do sobrinho do deputado federal e ex-boxeador Acelino "Popó" Freitas e menciona o trabalho realizado pela Polícia Militar. O deputado Capitão Samuel aplaudiu o relato verídico e sensato do jornalista que dividiu "louros" com a Polícia Civil e ainda relatou os problemas vivenciados pela Segurança Pública no interior, quando enfatiza a falta de delegados e policiais civis em delegacias e divulga a presença de policiais militares 24 horas por dia nos municípios sergipanos.

Prioridade

O deputado disse que fica preocupado com a forma como a Secretaria de Segurança Pública (SSP) está fazendo as divulgações, segundo ele, fazendo marketing da secretaria. Ele questionou a priorização apenas da atuação dos delegados de polícia, o qual o secretário é um, e o desmerecimento dos outros. "O que vi em Itabaianhinha basicamente foi isso. Foi uma delegacia fechada, que não tinha delegado, que só chegou na quinta-feira e não na quarta-feira de Cinzas e que só ficou sabendo depois através do trabalho realizado pelos PMs. Mas, infelizmente, na hora de se divulgar parece que a instituição Polícia Militar não existe", desabafou.

Fonte: blog do jornalista Cláudio Nunes

Um comentário:

Anônimo disse...

ISSO NÃO É NOVIDADE PRA NINGUÉM, ESTÁ MAIS QUE NA HORA DOS OFICIAIS SUPERIORES TOMAREM UMA PROVIDÊNCIA E, NÃO FICAREM CALADOS ASSISTINDO A TUDO DE CAMAROTE E OS DELEGADOS PINTANDO E BORDANDO. É NÓS SOMOS UNS BARNABÉS MESMO KKKKKKKK.....