sábado, 16 de abril de 2011

BLOG DO JORNALISTA CLÁUDIO NUNES TAMBÉM ABORDA DENÚNCIA RELATIVA AO CORPO DE BOMBEIROS.

Corpo de Bombeiros de Sergipe involui

Mesa com informação que é "exclusiva" para oficiais.

Detalhe do comunicado

De um praça do Corpo de Bombeiros de SE: A relação entre praças e oficiais do Corpo de Bombeiros de Sergipe está bastante abalada depois de uma decisão do Cel. BM Wagner de promover a segregação entre praças e oficiais no refeitório do QCG/BM, sede do comando, e onde também funciona o 1º GBM/1º SGBM principal grupamento de Bombeiros do Estado.

Esse segregamento dito legal, baseado nos decretos ditatoriais dos anos de chumbo, e que ainda regulam o Exército Brasileiro,( e que ainda é erradamente aplicado às forças militares estaduais) já foi bastante utilizado por mentes doentias do Oficialato para o usufruto próprio e para a promoção da degradação da autoestima da tropa. Enquanto o Oficial se empanturrava com o filé do frango, para os praças restavam os pés, o pescoço, a cabeça e as asas. Mas parecia que esta etapa da nossa instituição havia ficado realmente no passado.

Ainda no passado, mas em um passado não tão distante quanto aquele, existiam, no Quartel Central do Corpo de Bombeiros, dois refeitórios. Um destinado somente aos oficiais, e outro destinado aos praças. Mas percebendo que o refeitório dos oficias sempre permanecia vazio, porque os oficiais que tiravam serviço nessa unidade “teimavam” em fazer suas refeições junto aos praças, um dos refeitórios foi desativado e daquele momento até semana passada todos faziam suas refeições em confraternização, sem distinção de lugar à mesa e sem diferenciação na alimentação.

Para se ter uma ideia do tamanho da cooperação entre os elementos dessa corporação, para o bom funcionamento do serviço, existia apenas uma importante regra: enquanto as guarnições operacionais,(constituídas quase que totalmente por praças) não tivessem feito suas refeições, a alimentação não estaria liberada para outros, seja oficial ou praça.

Mas, infelizmente, na contra mão das diretrizes trabalhadas nos eventos institucionais promovidos pelo comando da instituição, as quais teriam por finalidade promover a aproximação cada vez maior dos integrantes do corpo de bombeiros, seja ele oficial ou praça, essa atitude do Cel. BM Wagner replantou a sementinha do mal no coração dos militares do CBM/SE.
O que se espera agora é que o Cmt. BM Cel. Nailson Santos leve às luzes o seu subordinado e retome a frágil fraternidade no seio dessa belíssima corporação.

Fonte: blog do jornalista Cláudio Nunes

4 comentários:

Anônimo disse...

JÁ ESTÁ NA HORA DO GOVERNADOR RENOVAR O CORPO DE BOMBEIROS NA SUA ADMINISTRAÇÃO, ASSIM COMO FEZ NA PM. ESTAMOS NO SÉCULO XXI, RENOVAR E EVOLUIR SEMPRE. O COMANDO DO BM JÁ DEU O QUE TINHA DE DAR! MUDANÇA JÁ NO COMANDO!

Anônimo disse...

Pelo amor de Deus,TIREM O CORONEL NAILSON DO COMANDO!

Anônimo disse...

CAMARADAS DA PMSE VAMOS COMEMORAR O QUE NO DIA 19 FORMATURA GERAL NO CFAP O CORONEL CATENGA RESENDE DERRAMAR MEDALHAS POR TODOS OS LADOS, E NOSSAS PROMOÇOES ELE NEM AI CORONEL CATENGA POIS SO FAZ BALANÇAR CEBEÇA E PRONTO, MEDROSO ASSUMA SEU PAPEL DE ADMINISTRADOR GESTOR DEIXE DE SER BABÃO E PROMOVA TODOS QUE TEM DIREITO

Cb Saint-Clair disse...

Companheiro das 23:28, os cabos mais antigos vai ser promovidos a cabo de primeira classe já que vão fazer 10 anos de cabo uma vergonha.