sexta-feira, 29 de abril de 2011

COMPANHIA DE TRÂNSITO DA PM DESENCADEIA OPERAÇÃO BOA NOITE TRABALHADOR.

A partir desta segunda-feira, 2 de maio, a Polícia Militar de Sergipe, através da Companhia de Polícia de Trânsito (CPTran), realiza uma ação policial com o intuito de ampliar o policiamento ostensivo no itinerário percorrido pelas linhas de transporte coletivo em Aracaju. Trata-se da operação ‘Boa Noite Trabalhador’, que visa a promover maior sensação de segurança aos cidadãos que retornam às suas residências após o expediente diário de trabalho.

A operação, coordenada pelo capitão Fábio Luiz Silva Machado, comandante da CPTran, foi elaborada a partir da análise de dados estatísticos de assaltos registrados pelo Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp/190). “Para minimizar a incidência de roubos e assaltos no retorno dos trabalhadores aos seus lares, procederemos com ações de abordagem a transeuntes e veículos de transporte coletivo regular de passageiros, no turno da noite, em dias e locais previamente definidos. A iniciativa contará com o emprego diário de 25 militares da CPTran e o apoio logístico de duas viaturas e 20 motocicletas”, explicou capitão Machado.

O comandante da CPTran salientou que o efetivo estará atento às documentações de porte obrigatório do condutor, a exemplo da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e da Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV). Serão observadas as condições dos veículos e a validade da documentação, bem como a situação do condutor e sua ficha criminal, que poderá ser consultada através do CIOSP.

Além do envolvimento de 23 praças e dois oficiais da CPTran, a operação Boa Noite Trabalhador conta com a colaboração das chamadas ‘Forças Amigas’. “Durante toda a operação, teremos o apoio do Comando do Policiamento Militar da Capital, do Batalhão de Polícia de Trânsito e da Polícia Judiciária, que estarão de prontidão no caso de quaisquer eventualidades”, concluiu capitão Machado. A operação consiste na realização contínua de blitze e abordagens a pessoas e veículos em pontos estratégicos da capital, com o objetivo principal de coibir atos ilícitos e garantir a tranquilidade da população.

Nenhum comentário: