segunda-feira, 25 de abril de 2011

PM PRENDE TRIO ACUSADO DE ROUBAR UM MERCADINHO E LEVAR PISTOLA DE UM POLICIAL.

A 5ª Companhia do 1º Batalhão de Polícia Comunitária (5ª Cia/1º BPCom), também conhecida por Companhia de Policiamento Turístico (CPTur), prendeu, na última quinta-feira, 21, três pessoas acusadas de roubar um estabelecimento comercial no Mosqueiro, zona sul de Aracaju. Os acusados levaram os pertences dos clientes, produtos e a renda do estabelecimento, além de uma pistola ponto 40 roubada de um policial militar que estava fazendo compras no mercadinho.

De acordo informações prestadas pelos militares da CPTur, o assalto ocorreu por volta das 9 horas da manhã da última quinta-feira, quando o garçom Luiz Carlos Ferreira, a estudante Patrícia Silva Silveira e os serviços gerais Delmo de Jesus Dias invadiram um mercadinho armados com revólveres calibre 38 e renderam clientes e funcionários do estabelecimento. Após o assalto, os três fugiram em direção à Orla de Atalaia em um veículo Fiat Tempra, de placas HZN-6355. Os militares da guarnição Tubarão 3, da CPTur, passaram informações sobre o veículo para todas as unidades policiais da capital.

O mesmo veículo utilizado no assalto foi visto por volta das 23 horas por outra guarnição da CPTur na praça de eventos da Orla. Dentro do carro havia um casal que negou a participação nos crimes. O motorista identificou-se e disse que havia emprestado o veículo a um colega de trabalho conhecido como Lucas. O dono do veículo disse que recebeu o Tempra por volta das 10 horas, ou seja, três horas depois de tê-lo emprestado a Lucas. Os policiais pediram então para o dono do veículo informar o endereço de seu colega de trabalho.

De posse das informações, os policiais foram até a travessa L3, no bairro Coroa do Meio, e lá foram recebidos por uma mulher que se identificou como Patrícia. Inquirida pelos militares, ele permitiu a entrada dos policiais, que também estava acompanhado do policial militar que teve a pistola roubada dentro do mercadinho, no Mosqueiro. Além da mulher, estava dentro da casa mais dois homens, que foram reconhecidos pelo militar vítima como os autores do assalto. Os três foram presos e acabaram confessando que havia mais um comparsa identificado como Lucas, que resida em uma vila que fica na rua Maria Rezende.

Ao perceber a chegada dos policiais, o suspeito fugiu deixando para trás um ventilador ligado e dezenas de produtos de origem duvidosa. No local, os policiais apreenderam dois coletes à prova de balas, dezenas de relógios e celulares, diversas bolsas e carteiras porta cédulas, aparelhos de DVD, duas Tvs LCD, roupas, e uma carteira com R$ 650,00 em dinheiro e 1 dólar. A arma roubada do policial ainda não foi encontrada, mas o caso será investigado a fundo pela 4ª Delegacia Metropolitana.

Várias vítimas compareceram à Delegacia Plantonista e reconheceram os três acusados como autores de outros assaltos. Como peça do inquérito policial assinado pelo delegado José Accioly consta cinco boletins de ocorrências de assaltos praticados na semana passada pelo trio.

Nenhum comentário: