sexta-feira, 8 de abril de 2011

POLÍCIA CIVIL RECEBE CHAMADO E MANDA CIDADÃO LIGAR PARA A PM.

O blog só publica (e acredita) porque tem cópia do relatório do Ciosp do dia do ocorrido. A história contada no relatório do Supervisor do CIOSP : Uma ocorrência de denúncia de fugitivo de presídio foi passada para a Polícia Civil. O agente de polícia civil, isso mesmo, repassou para a PMSE com a informação de que não dispunha de viatura para realizar a diligência. Veja que interessante, um sábado à noite, o dia que mais a Segurança Pública é procurada e a Polícia Civil não dispunha de uma única viatura para prender um foragido.

Considerando que cerca de 70% do efetivo da PC está na Grande Aracaju, o que dá mais ou menos 800 policiais (delegados, escrivães e agentes), não tem policiais trabalhando em Aracaju no dia de maior incidência de ocorrências. A sistemática da PC é manter delegacias plantonistas, 01 em Aracaju e 03 no interior com equipes de 01 delegado, 02 escrivães e 06 agentes (completa), o que totaliza 36 policiais civis. Comparando com o efetivo da Polícia Civil de cerca de 1400 policiais, podemos concluir que a PC trabalha de segunda a sexta, das 07h às 13h. É assim que se pretende estruturar um trabalho integrado: a PM trabalha diuturnamente e a PC faz a propaganda dos resultados como produto exclusivo de seu "esforço".


Cópia do relatório do CIOSP, para não deixar nenhuma duvida. Clique na imagem acima para ampliar.

Fonte: blog do jornalista Cláudio Nunes

3 comentários:

Anônimo disse...

Aproveitando a deixa dessa ocorrência na última quarta feira 06, uma vtr da PM foi atender uma ocorrência na porta da plantonista, onde uma senhora fora ameaçada pelo cunhado, e dentro da plantonista foi orientado acionar a PM.
Obs. vítima mora poucos metros da deplan. O absurdo n foi esse caso,um outro que a mulher foi agredida pelo ex marido,que sua residência da frente com a plantonista,é só atravessar a rua.

Anônimo disse...

Enquanto a ssp reforma,revitaliza e constrói delegacias os pms ficam fadados a restos,sobras de outra unidades do governo que não serve mais.ex.8ºBPM.

Anônimo disse...

Aqui em Itabaiana isso acontece todos os dias, nós militares prendemos e a polícia civil informa aos jornais que foram eles, pois são os delegados que dão entrevista. As vezes eles mencionam a militar como quem deu apoio nas ocorrências.
O que seria da segurança pública se não fossem os militares?
Valorização já da polícia militar!